Chocolate: além de delicioso, pode fazer bem para sua saúde

Que ele é irresistível, tudo mundo já sabe. Que engorda, também. Mas o que muita gente não sabe é que na medida certa, o chocolate traz inúmeros benefícios para a nossa saúde.

Tais benefícios não devem ser entendidos com um salvo conduto para o consumo desenfreado de ovos nesta Páscoa, mas nos dá a certeza de que o chocolate tem sim muito espaço dentro de uma dieta equilibrada e dos bons hábitos de vida.

Segundo o médico pós-graduado em Nutrologia Dr. Matheus Galhardo, a quantidade preconizada de consumo de chocolate é entre 20 a 30 gramas por dia, três vezes por semana. Ou cerca de 15 gramas por dia. Nessa quantidade, os benefícios estão garantidos, sem os riscos de engordar.

“Em relação ao chocolate, costumo dizer que o importante é a dose. Um mesmo alimento pode ser considerado antídoto ou veneno, dependo da quantidade consumida”, afirma o médico.

Desta forma, na dose certa, um dos principais benefícios do chocolate está na disponibilidade de antioxidantes, como os flavonóides. Essas substâncias melhoram a pressão artéria, previnem tromboses, regulam o colesterol ruim e melhoram a sensibilidade à insulina.

Outras substâncias benéficas do chocolate são teobromina e a tiramina, que estimulam os neurônios e o sistema muscular melhorando o raciocínio, além de favorecerem o funcionamento do coração.

“Além desses benefícios, o chocolate sempre está associado como fonte de prazer e com a melhora do humor. Isso ocorre pela presença de uma substância conhecida como feniletilamina, que interage com uma série de neurotransmissores, que atuam no sistema de recompensa e ajudam na regulação do humor”, explica Galhardo.

Mas para termos acesso a todos os benefícios do chocolate, o médico alerta que a melhor opção são os produtos com alto teor de cacau, como os com 70% e 80%. Chocolates como o branco e o “ao leite” possuem alto teor de gordura e açúcar e precisam ser consumidos ainda com maior moderação.

“Temos ainda a opção diet, que embora não tenha açúcar, possui mais gordura, como forma de manter a textura e a consistência do produto. Os chocolates com mais gordura precisam ser consumidos com moderação, principalmente por quem tem sobrepeso ou possui colesterol alto”, completa.

Já quem pratica exercícios físicos, pode usufruir do chocolate como uma excelente fonte de energia. Além de fontes de energia como o açúcar e a gordura, o chocolate possui também a cafeína, que funciona como estimulante do sistema nervoso central, contribuindo para situações de maior esforço físico.

Por último, é sempre bom destacar que a nossa dieta deve ser a mais variada possível, não buscando nutrientes sempre nos mesmos alimentos. A variação e o controle sobre as quantidades ingeridas garantirão uma dieta saudável e uma vida com mais saúde. Com isso em mente, aproveite a Páscoa para se confraternizar com sua família e curtir como moderação e prazer todo o sabor dos ovos de chocolate.

Deixe uma resposta